A presença de diastemas (espaços) que envolvem dentes anteriores interferem na harmonia do sorriso. Sua causa, em adultos, está relacionada à hereditariedade, anomalias no crescimento e desenvolvimento dos maxilares, discrepâncias de tamanho e forma dental e interposição lingual ou labial. Aproximadamente 22% dos indivíduos adultos apresentam diastemas em linha média e diversas opções de tratamento existem para estes casos como: tratamento ortodôntico, restaurações diretas com resinas compostas, restaurações indiretas de facetas laminadas e coroas totais.


Em pacientes com diastemas superiores a 3mm de largura, tratamento ortodôntico e restaurações indiretas são os procedimentos mais recomendados. No entanto, casos em que os diastemas não ultrapassam 3mm são freqüentemente restaurados com resina composta. O tratamento é realizado em sessão única ou em duas sessões (quando for necessário o enceramento de diagnóstico sobre o modelo de estudo para a confecção de uma guia de silicona), no caso de fechamentos de espaços mais complexos.


A variedade de materiais restauradores na odontologia tem evoluído muito nos últimos anos. A capacidade de reconstruir dentes quase que perfeitamente já é possível quando utilizados matérias e técnicas adequadas.


A grande vantagem dos fechamentos de diastemas com Resina Composta é que não há necessidade de realizar desgaste nos dentes, por isso é considerado um tratamento muito conservador. Além disso, quando comparados a facetas ou coroas, apresentam menor custo, menor tempo de tratamento , reversibilidade do procedimento e possibilidade de reparo.

My Image

Serviços - Fechamento de Diastemas